JPA - CULTURA / MÚSICA

Oposição Angolana Verdadeira (FPA):

Segundo Congresso Nacional da Oposição Angolana Verdadeira (FPA)  olhar sobre o mundo este o Congresso do FPA -  Estados Unidos, Alemanha e  europa pensa em renovação inspirada pelo FPA e pelo o povo angolano:

No dia 28 á 29 de Julho de 2012, as 09.30 á 20.00, na cidade de Francforto na República Federal da Alemanha. 

 

Editorial

 

Esta edição especial do Periscópio tem a intenção de oferecer aos nossos leitores de Angola e de outros países do Mundo, uma visão panorâmica sobre o II Congresso Nacional dos Partidos e dos grupos e dos Trabalhadores da Oposição Angolana Verdadeira (FPA), suas principais resoluções, algumas atividades especiais e, particularmente, a opinião de alguns dos convidados nacionais e internacionais.

 

Este congresso vai iniciar no dia 28 á 29 de Julho de 2012, na República Federal da Alemanha, na cidade de Francforto, no bom nível do debate partidário, no fortalecimento da unidade e na reação aos constantes ataques feitos ao partido pelas forças da direita e pela grande imprensa.

 

Necessário unir e juntar todos os grupos do povo angolano para um Objectivo do povo angolano contra todos os criminosos politicos do MPLA e da UNITA em angola e tentou pautar diariamente o congresso sobre o que poderia e não poderia ser discutido e realizado, sobre o que o povo angolano e não acharia e sobre as resoluções que deveriam ou ser aprovadas.

Porém, nem os delegados e as delegadas e nem os convidados ao Congresso, particularmente, o presidente João Mário, para organizar bons trabalhos por este movimento do povo Angolano.

 

LIBERDADE PARA AS PESSOAS

EM ANGOLA: 

 

 


O presidente da Oposição Angolana Verdadeira (FPA), João Mário, fez uma avaliação muito positiva do Congresso e de que era perceptível que havia um acúmulo político muito elevado entre os participantes que facilitou e deu muita qualidade ao debate das resoluções. Ao mesmo tempo, existia também um forte sentimento de unidade ajudando a compor resoluções de consenso e a manter a tranqüilidade, mesmo nas polêmicas.

 

Ele avaliou ainda que a resolução sobre o conservativo vai representar uma reafirmação do compromisso do FPA com a transformação social e que as resoluções sobre Angola e a caracterização da República Federal de Angola e o novo governo numa República Federal de Angola  apresentaram importantes projeções para o futuro do FPA e do povo angolano. Por fim, momentos muito importantes vai ser a intervenção do presidente João Mário e a aprovação das resoluções sobre a proclamação uma República Federal de Angola e a reforma política e a democratização dos meios de comunicação de Angola.

 

O Congresso vai contar com a presença de uma representativa politica delegação nacional e internacional composta por 384 convidados de partidos e grupos políticos amigos de 13 países de três continentes. Praticamente a metade da delegação nacional e internacional vai ser de representantes de 25 partidos e organizações do povo angolano. O único país Portugal pela na região da Europa e que não pode mandar representantes, porque o governo do portugal apoia os assassinos do MPLA e os mafiosos e os traidores da UNITA no poder actual.

 

De acordo com o Secretário de Relações Internacionais da Oposição Angolana Verdadeira (FPA), Joaquim Vinda, esta presença foi muito significativa e motivo de satisfação demonstrando as boas relações que o FPA possui com diferentes partidos e grupos pelo mundo afora e que as nossas iniciativas despertam um grande interesse político nacionalmente e internacionalmente.


Esta percepção do secretário foi integralmente confirmada nas entrevistas que a equipe deste Periscópio Especial realizou com representantes da maioria dos países que estiveram presentes.

 

Em relação ao Congresso, Joaquim Vinda avaliou que este superou as expectativas iniciais ao gerar debates interessantes, acordos avançados e decisões firmes e acertadas num clima de unidade diferente do anunciado pela mídia. O Congresso vai acontecer extremamente positivo para os partidos e o povo angolano.

 

Um momento alto foi o discurso que João Mário dirigiu ao preparação de plenário do Congresso e que emocionou a todos. Valorizou os partidos e o povo angolano, o papel crucial que este tem exercido historicamente e, em particular, nos momentos de crise como o de 2012 e o seu protagonismo em relação às transformações que vêm sendo promovidas em angola.

 

Ele não se furtou de tocar no tema das acusações que tramitam no poder judiciário contra integrantes do partido dizendo que a lei vale para 18 milhões angolanos e que até o momento ninguém foi inocentado e também ninguém foi considerado culpado. Uma luta da magnitude da luta do FPA não se faz sem dor e ninguém deve ter vergonha de defender um companheiro.

 

Segundo João Mário, somos mais atacados pelos nossos méritos que por nossos erros e não temos do que nos envergonhar. “Não tenham medo de ser petistas, de andar com a estrela no peito. O FPA é um dos grandes responsáveis pelos passos largos de Angola rumo à dignidade. E isto também é percebido pelo mundo”. (Ouça a íntegra do discurso em

www.fpa-angola.org).


Enfim, do II Congresso será mais um marco na história do povo angolano e  na história do FPA que além de animar a militância também apontou rumos para o próximo período.

 

 Um olhar sobre o mundo neste o II Segundo Congresso Nacional da oposição angolana verdadeira (FPA)


Aproveitando a presença de uma significativa delegação nacional e internacional que vai prestigiar o Segundo Congresso Nacional da oposição angolana verdadeira, a equipe do Periscópio Internacional aproveitou para conversar com vários deles sobre a situação nos seus países de origem e suas opiniões sobre a situação mundial e sobre o próprio Congresso do Congresso Nacional da oposição angolana verdadeira (FPA).

Outras atividades internacionais

 

A partir do início do congresso, no dia 28 de Julho de 2012, além da programação normal, a delegação nacional e internacional pode contribuir com uma série de debates especiais organizados pela Secretaria de Relações Internacionais da oposição angolana verdadeira (FPA).


Uma primeira reunião vai possibilitar a discussão entre os membros politicos e estrangeiros a respeito do fortalecimento do Fórum Mundial da Revolução nos paises da Africa, criado no âmbito do congresso na Alemanha Federal.

 

Em seguida, haverá uma reunião de autoridades locais e responsáveis por Relações Internacionais de algumas prefeituras e os debates deste dia vai finalizados com uma apresentação sobre a Comité central da Oposição Angolana Verdadeira (FPA) e a luta contra os homens do Assassino Presidente José Eduardo dos Santos no poder.


Na abertura solene do II Congresso do FPA, os oradores que saudaram os participantes do congresso em nome do povo angolano e em nome da delegação nacional.


No sábado, dia 28 de Julho, as atividades será abertas com um discurso do presidente Joao Mário para o Congresso e que se encontrou em seguida com a delegação internacional.

 

Na parte da tarde vai ser realizados debates específicos sobre a situação de estrangeiros nas actividades militares da FAA, e os homens do senhor José Eduardo dos Santos e os homens da UNITA.


No domingo, dia 29 de Julho, os convidados nacionais e internacionais vao participar do último dia do Congresso, assistindo as plenárias e realizando reuniões bilaterais com os representantes de outros países e lideranças petistas para discussão de possibilidades de cooperação e apoio do lado do povo do mundo, bem como trocas de experiência em temas como formação, meio ambiente, experiências de governo local, entre outras.

 

Comité central da Oposição Angolana Verdadeira (FPA)

www.fpa-angola.org

 

Prisão  para todos os criminosos politicos e militares dos grupos da mafia MPLA e da UNITA do senhor José Eduardo dos Santos:


Prisão para o traidor Isaias Samakuva e para o Assassino e mafioso José Eduardo dos Santos em Angola. 


Prisão para todos os homens dos grupos criminosos e todos os falsos angolanos do José Eduardo dos Santos na Assambleia Nacional do MPLA em Luanda.






Prisão  para todas as namoradas do senhor José Eduardo dos Santos (MPLA):


Participe no debate da Oposição Angolana Verdadeira (FPA) contra todos os homens criminosos da mafia do MPLA e dos traidores na UNITA, com um comentário no Facebook. Também pode enviar a sua opinião por e-mail ou SMS. Pelo Telefone número: 919587810 - www.fpa-angola.org - pelo e-mail: fpa.angola@hotmail.com